Logo Fazer o Bem

Brevemente vou tentar explicar de onde surgiu o projeto Fazer o Bem.

Sempre tive (e ainda tenho) vontade de ajudar pessoas que estejam realizando/ fazendo algo bom para sua comunidade. Mas também sempre achei difícil achar essas pessoas, pois, infelizmente, quem mais ajuda ao próximo mais passa despercebido.

Desde que comecei a trabalhar com design gráfico e marketing e entendi o quanto uma empresa pode melhorar com planejamento e comunicação, a vontade aumentou. Houve um pedido para realizar um pequeno projeto de criação de logo e identidade para uma instituição já nos primeiros anos da minha empresa e foi aí que eu vi que era possível ajudar com meus serviços.

Começava a surgir, aos poucos, o projeto Fazer o Bem.

Sem muitos rodeios, este projeto tem um objetivo simples: atender gratuitamente instituições carentes, que não podem pagar pelos meus serviços (ou nossos, se meus parceiros quiserem entrar nessa comigo toda vez que for necessário), com o mesmo comprometimento e qualidade e, com isso, ajuda-las a continuarem seus trabalhos que beneficiam a comunidade onde se encontram.

Então se você é a uma instituição, organização, ONG, local ou qualquer coisa semelhante a isso (pode ser algo somente virtual também) que ajuda outras pessoas (ou animais, meio ambiente e etc.) de qualquer maneira no amplo sentido de bondade, você pode se beneficiar deste projeto. Eu quero muito ajudar você e todas as pessoas que trabalham por uma causa boa, que espalham o bem, que espalham o amor e todos outros sentimentos bons que provêm dele.

Entre em contato comigo se você tiver interesse e vamos juntos analisar como eu posso ajudar você.

Leia os termos e regras do projeto Fazer o Bem.

Termos e Regras

Se você está pensando em se inscrever para participar do projeto Fazer o Bem, leia abaixo como ele funciona. É bem simples, mas você precisa estar ciente das regras de participação. Eu realmente gostaria de ajudar a todos, mas tudo precisa ser feito de forma organizada. Vamos lá!

O que é:
O serviço Fazer o Bem é um projeto sem fins lucrativos que a profissional Priscila Felippetto oferece às instituições carentes (ou similares) que não podem pagar pelos serviços.

Como funciona:
A profissional receberá as inscrições das instituições somente pelo formulário do site que se encontra na página específica do serviço (priscilafelippetto.com.br/fazer-o-bem). A profissional escolherá uma instituição a cada trimestre, mais ou menos, para realizar o projeto.

Como fazer a inscrição:
A instituição deve preencher os seis campos do formulário de forma clara e verdadeira, e somente após ler os termos e regras do serviço. A instituição deve mencionar todas suas necessidades de forma breve, pois posteriormente, se a instituição for selecionada, a profissional entrará em contato para saber mais detalhes de cada solicitação. Todas as instituições inscritas receberão um e-mail de confirmação.

Quais serviços estão inclusos:
Todas instituições que quiserem se inscrever podem solicitar um ou mais serviços oferecidos pela profissional Priscila Felippetto, ou seja, podem solicitar um projeto completo de logo, identidade visual e materiais de comunicação, assim como auxílio em mídias sociais. Porém, a profissional não tem como obrigação pagar a produção de materiais físicos/ impressos como: papelaria, placas para sinalização, reforma de ambiente, display e etc.

Quem pode se inscrever:
Todas as organizações carentes como: ONGs, instituições, entidades e outros.
A profissional Priscila Felippetto tem como objetivo neste projeto ajudar as organizações que ajudam sua comunidade de alguma maneira a ser um lugar melhor. Toda organização que exerce alguma atividade que beneficia pessoas ou o meio onde se encontra, porém que não recebe o suficiente para lucrar com a atividade, mas sim somente a quantia para se manter aberta, pode se inscrever em nosso projeto. Ou seja, não precisa ser declaradamente uma ONG.

Como será feita a escolha:
A profissional escolherá uma instituição a cada três meses, mais ou menos, para realizar o projeto. Para isso, todas as inscrições recebidas serão analisadas e a profissional entrará em contato com as instituições que estiverem pré-selecionadas para agendar uma visita. As instituições situadas em Porto Alegre terão acompanhamento mais próximo enquanto o projeto estiver sendo desenvolvido. As instituições de outras cidades também poderão se inscrever, mas terão atendimento virtual.

Como o projeto será desenvolvido:
Após a escolha a profissional conversará com os organizadores para entender mais sobre a instituição, entender quais as necessidades reais na área de comunicação e o que está dentro do seu conhecimento (e de seus parceiros, se possível). Um cronograma será feito para listar tudo que será criado para a instituição, estabelecendo datas de reuniões, listando etapas da criação e previsão de entrega.
Um documento será assinado com a instituição para formalizar o comprometimento das duas partes com o projeto que será realizado e deixando a instituição segura de que o projeto não será cobrado.

Após o término do projeto, imagens do que foi criado serão adicionadas ao portfolio da empresa da profissional Priscila Felippetto.

Porto Alegre, Março de 2018.

A bondade é o único investimento
que nunca vai à falência.

Henry David Thoreau

Projetos realizados